Energia solar em 2021: tendências e projeções para o Brasil

Energia solar em 2021

Energia solar em 2021: tendências e projeções para o Brasil.

Mesmo diante do cenário de pandemia, em 2020 o setor de energia solar fotovoltaica brasileiro superou a marca de 3GW para a geração centralizada e alcançou 4,377 GW de potência instalada na geração distribuída. Seguindo essa tendência, a expectativa é que o Brasil se transforme no terceiro maior mercado do mundo de geração distribuída de energia solar em 2021

Para saber mais sobre as expectativas do mercado fotovoltaico para este ano, continue lendo.

Projeção de crescimento em potência instalada da energia fotovoltaica

O investimento em energia solar é fomentado por regulamentações que fazem com que esses sistemas sejam cada vez mais utilizados. O objetivo é diminuir o valor da conta de energia e reduzir os poluentes lançados no meio ambiente.

Diante deste cenário, a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica prevê que a energia solar em 2021 trará: 

  • Acréscimo de 5,09 GW em potência instalada de energia solar fotovoltaica.
  • Crescimento de 90% na geração distribuída, caracterizada por sistemas de até 5 MW localizados próximos ou junto à unidade consumidora.
  • Aumento de, aproximadamente, 37% na geração centralizada, formada pelas grandes usinas.

Legislação de energia solar em 2021 no Brasil  

A Resolução Normativa 482/2012 da ANEEL, que define as condições gerais para microgeração e minigeração de energia renovável, autorizou a criação do sistema de compensação de créditos. A medida permitiu que os consumidores gerassem sua energia e injetassem o excedente na rede elétrica.

A revisão e alteração desta resolução está prevista desde 2019, no entanto o prazo se estendeu devido à pressão dos poderes público e privado. Diante disso, a revisão da resolução deve acontecer apenas este ano.

Os benefícios para aqueles que já produzem sua energia serão mantidos conforme a atual resolução. Porém, acredita-se que alguns incentivos para produtores de energia sejam reduzidos. 

Além disso, em julho de 2020 o governo brasileiro anunciou uma medida que zera o imposto de importação que incide sobre alguns equipamentos para geração de energia solar. A previsão é que os impostos sejam zerados até o final de 2021, tornando a tecnologia ainda mais vantajosa. 

Entre os produtos com isenção de taxas estão: 

  • Inversores fotovoltaicos
  • Conversores estáticos para sistemas solares 
  • Amortecedores de trackers
  • Rastreadores solares 

Conclusão

Mesmo com os desafios provocados pela pandemia da Covid-19, o Brasil vive o seu melhor momento de expansão da energia solar em 2021.  

Para auxiliar sua empresa no com o projeto e a homologação de sistemas fotovoltaicos, a César Engenharia oferece soluções com qualidade e eficiência. Fale com nossa equipe e descubra como podemos ajudar! 

2 thoughts on “Energia solar em 2021: tendências e projeções para o Brasil

  1. Pingback: Conheça os principais benefícios das energias renováveis – César Engenharia

  2. Pingback: Confira as principais regras para energia solar | Cesar Engenharia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *